Postagens

MATÉRIA NO O GLOBO EXPÕE FALTA DE MEDICAMENTOS PARA PROTEÇÃO ANIMAL NO RIO

Imagem
Protetores de animais reclamam de falta de remédio para gatos com esporotricose Segundo relatos, comprimido que é usado no combate à doença, não está sendo distribuído pela prefeitura desde o fim de 2016
POR DANIELA DE PAULA - 31/03/2017 
RIO - A falta de medicamento para animais com esporotricose, em sua maioria gatos, vem preocupando protetores de animais no município do Rio. A doença, causada pelo fungo Sporothrix schenckii, é transmitida pelos felinos aos humanos e também para cachorros e pode ser fatal para os bichos se não tiver tratamento, que é feito com antifúngico e dura, em média, de 4 a 6 meses. Não é necessário sacrificar o animal. O comprimido itraconazol, que é usado no combate à doença nos animais, não está sendo distribuído pela prefeitura no Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, em São Cristóvão, segundo a cuidadora Nataile Bougleux.
A estudante de veterinária, que cuida de 24 felinos com esporotricose resgatados de várias colonias do Rio, afirmou que a últim…

PREFEITO DIMINUI ORÇAMENTO DA PROTEÇÃO ANIMAL NO RIO

Imagem
O prefeito Marcelo Crivella mandou publicar orçamento diminuindo os recursos da Proteção Animal em mais de 20%, diferente do que anunciou, quando extinguiu a SEPDA e criou uma subsecretaria. As ideias não correspondem aos fatos. Em 2016, a extinta SEPDA executou 11,1 milhões com a Pasta. Curioso é notar que pessoal gastou 2.150 mil reais em 2016 e agora se prevê 2.190 mil reais. #VoltaSEPDA


CÂMARA APROVA REGRAS DE CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS

Imagem
Pelo texto, a esterilização será feita exclusivamente por veterinário e ocorrerá após estudo sobre a quantidade de animaisBrasília - A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, o Projeto de Lei (PL) 1376/03, que cria regras para o controle populacional de cães e gatos no território nacional. A medida estabelece normas para a esterilização levando em consideração as localidades que apontem para a existência de superpopulação desses animais. O projeto segue agora à sanção presidencial. O PL 1376/03 que tramitava na Câmara desde 2003 determina que o controle de natalidade de cães e gatos será realizado “mediante a esterilização permanente, cirúrgica, ou não, desde que ofereça ao animal um grau de eficiência, segurança e bem-estar.” Pelo texto, a esterilização será feita exclusivamente por veterinário e ocorrerá após estudo sobre a quantidade de animais. O projeto também proíbe que os animais sejam eliminados pelos órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos ofi…

ROMPENDO O SILENCIO - por Vinicius Cordeiro

Imagem
ROMPENDO O SILENCIO O programa Bicho Rio é referência nacional. É um dos maiores programas de controle populacional e de saúde animal ofertados por uma cidade brasileira, no país e mesmo no continente.
Em 2016, nossa gestão bateu um recorde absoluto nas ações, com mais de 48 mil esterilizações gratuitas, e quase 17 mil atendimentos clínicos. De menos de 16 mil castracoes em 2008, o programa saltou para 32 mil no ano seguinte, oscilando entre 34 a 39 mil até 2015, e chegar ao recorde atingido em nossa gestão. Como dirigente da extinta SEPDA, cumprimos todas as metas propostas, não só em número, mas na qualidade dos atendimentos, na melhoria física dos postos, e das condições do abrigo público (fazenda modelo). O programa Bicho Rio é executado pela empresa Hope há alguns anos, e as condições contratuais tem preços de procedimentos clínicos inferiores do que os praticados pelo mercado. Como Secretário, tomei todas as medidas legais e ágeis que permitiram que não se interrompesse o serviço …

SEMINÁRIO SOBRE NOVOS CONCEITOS DE BEM ESTAR ANIMAL

Imagem

PREFEITURA MANTÉM POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROMOÇÃO E DEFESA DOS ANIMAIS NO MUNICÍPIO

Imagem
Prefeitura mantém políticas públicas de promoção e defesa dos animais no município
03/01/2017 16:44:00

O prefeito Marcelo Crivella mantém as políticas públicas de promoção e defesa dos animais no município. A Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA) foi transferida para o gabinete do prefeito, que irá gerenciar todas as ações relativas ao bem-estar dos animais, e agora passa a se chamar Subsecretaria de Promoção e Defesa dos Animais, conforme publicado no Diário Oficial do último dia 1º. A alteração não afeta os serviços prestados, como o funcionamento da Fazenda Modelo e dos postos de atendimento.
A população continua contando com os serviços de esterilização gratuita de cães e gatos; cirurgias eletivas; atendimento clínico; adoção de animais; visitas e vistorias técnicas relativas a denúncias de maus tratos, higiene precária; pedidos de assistência veterinária; concessão de autorização para eventos envolvendo animais; e educação ambiental com vista a guarda respons…